Vantagens do UX (User Experience) aplicado ao seu site

User Experience é tudo que envolve o modo como qualquer usuário interage com o mundo ao seu redor. Na verdade o termo user experience é muito amplo, mas quando falamos de marcas, produtos, sistemas e serviços, é importante entender que UX não envolve apenas o design do produto e seu desenvolvimento. Temos que observar todas as etapas do cliente junto à sua marca, desde o primeiro “encontro” até o pós uso ou consumo.

Quanto melhor for a experiência do usuário desde o primeiro contato, e incluímos aqui também as emoções desses momentos, maior deve ser a satisfação do cliente e mais provável será sua fidelização. A experiência ao longo da jornada deve ser intuitiva, suave, agradável.

Por que UX Design é importante?
UX é importante porque coloca a perspectiva do usuário como a espinha dorsal de qualquer fluxo de experiência, seja ele um processo de compra, troca de informação ou teste. Se a sua empresa incorporar essa ideia, perguntando-se “Como isso pode ser melhor para o meu cliente?” e trabalhar para atender da melhor forma, é bem provável que o seu cliente sinta-se tão bem que manterá contato com a sua empresa.

Uma das partes do User Experience (UX) é o User Interface Design (UI), que envolve mais especificamente a parte visual e usabilidade dos produtos. Lembre-se que UX envolve todas as interações e emoções, além da parte visual. Portanto, quando falamos de melhorar o seu site e torná-lo mais funcional, isso está melhor alinhado aos conceitos de UI.

Um dos pilares para uma boa interface está na arquitetura de informação do seu site. É fundamental que seja organizada, coerente e intuitiva, alinhado com o perfil dos seu clientes e dados das pesquisas feitas até então. O objetivo dessa estruturação é tornar o mais fácil possível encontrar o que se procura dentro do site.

Através de menus, cores, símbolos informe seu usuário sobre qual lugar do site ele se encontra, quais são as suas opções e deixe claro que consequências cada ação irá gerar. Um bom jeito de aplicar arquitetura da informação é desenvolver um mapa do seu site e checar se o usuário realmente segue um caminho interessante.

> Não coloque informações demais na mesma página. O cérebro tem um limite de informações processadas ao mesmo tempo. Informação demais, gera confusão e desprazer.

> Estude e entenda os modelos mentais de busca por informações e adeque sua arquitetura para seguir um fluxo parecido. Geralmente são as soluções mais simples que refletem melhor nosso raciocínio humano.

> Insira gatilhos para ajudar na tomada de decisão. Exemplo: se o usuário está em determinada página é provável que procure por um conteúdo específico. Destaque e convide para esse caminho.

Fonte: hostinger.com.br

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do nosso blog? Compartilhe com seus amigos! :D