Não tenha medo de se arriscar por uma vida melhor.

Caro leitor antes de tudo eu te pergunto o que tornaria sua vida melhor? Não pense para o seu momento presente, mas sim para o seu futuro de pelo menos daqui a 5 anos. Isso porque as nossas necessidades presentes são muito voláteis, hoje eu posso querer ter uma função melhor por um salário melhor, amanhã eu posso desejar não ter função nenhuma por uma carga horária menor. Portanto o presente é influenciado por nossa rotina, e sabemos que há empregos que não tem rotina, por isso o ideal é o olhar para o horizonte e traçar a meta para ser atingida ao chegar no tempo que nós determinamos.

Todos devemos fazer esse exercício, de saber o que queremos na vida em relação aos nossos empregos. Vivemos boa parte dela trabalhando, deixamos nossa família em casa para isso, mas também neles construímos sonhos e fazemos amizades que muitas vezes levamos para a vida inteira. Mas as relações de trabalho são complexas, um bom emprego não é só o que remunera bem, mas é o que me sinto bem em todos os sentidos, é o que me faz gostar de estar ali, querer produzir, e atende minhas necessidades pessoais, lógico que raros serão os empregos que atenderão isso tudo a 100%, mas alcançando o nível satisfatório, já é interessante, afinal as empresas atualmente sabem que o salário não é o fator principal de satisfação para manter um empregado, as mais sérias e que tem condições tem cada vez mais expandido seus leques de benefícios para manter seus colaboradores, motivados e na empresa, na busca de maior produtividade e qualidade nos serviços prestados por eles, porque afinal colaboradores satisfeitos geram retorno.

Assim leitor repito que é importante saber o que nós queremos para o nosso futuro. Porque se você está em um lugar que atende as suas expectativas, que te dá valor e que posso te fazer ir mais longe e na sua vida quer isso, ir longe, porque então não se prepara? O que te falta uma graduação, uma pós-graduação, um curso técnico, ou de aperfeiçoamento? Então faça! Se é caro junta o dinheiro, igual fazemos para compra do carro, para construir uma casa ou fazer uma viajem. É seu sonhado futuro meu amigo, tá pensando no que ainda. Se sua empresa oferece incentivo ao estudo você ainda não procurou saber como é, e diz que quer crescer? Verdade que quer? Acorde meu amigo, lembre-se que quem quer corre atrás, não fica esperando nada de mãos beijadas. Não tenha medo de se arriscar pelo que vai te dar uma vida profissional melhor, vai te tomar tempo, vai ficar mais cansado, vai deixar os amigos e a família momentaneamente, o lazer, mas isso vai passar e quando passar vai poder proporcionar coisas melhores as pessoas que você ama, vai demandar esforço, mas o que na vida não demanda?

Agora se no seu futuro você planeja outras coisas como estar mais perto da sua família, ter uma vida mais sossegada, cuidar mais da sua saúde, enfim quer um ritmo de vida mais devagar, não tenha medo de se segurar na carreira, de dar uma pausa se for o caso, é a remuneração que pesa hoje, se reorganiza financeiramente e se for o caso e tiver a oportunidade vai para uma função inferior a que você está para poder viver o que você quer. Nem todos conseguem se adaptar há uma rotina de trabalho com grandes pressões, e por mais competentes que sejam se perdem nessas situações e acabam adoecendo, descontando na família, mudando o estilo de vida, aí fica a questão o que adianta ganhar mais, ter carreira se no fim das contas isso não te trás a recompensa de ter uma vida melhor? Repense.

Outra situação são os profissionais que estão em empresas que já não os satisfazem, não remuneram bem, não tratam bem, pagam com atraso, não tem oportunidade de crescimento. Na sua cabeça você já quer sair, mas tá ainda nessa empresa por medo do desemprego. Se esquematize, olhe o mercado veja como está, se a sua área é uma das que está sofrendo com a crise ou é uma das que começou a reempregar, não faça nada precipitado, você tem seus compromissos, mas não tenha medo de mudar, se mova nesse sentido, se quer fazer uma coisa diferente, use essa insatisfação, como impulso para se preparar e mudar, estude se capacite e se lance no mercado na área que você quer.

Independente de se o que queremos é fazer carreira, investir em nossa vida pessoal ou mudar de emprego, o importante é não ser alguém estagnado, precisamos estar sempre dispostos a melhorar e mudar. Uma vida melhor também depende de nós, se não resolvermos ser protagonistas da nossa vida e dar a ela a direção que queremos, outros a assumirão e darão a direção que não queremos.

Compartilhe com seus amigos!

Um comentário em “Não tenha medo de se arriscar por uma vida melhor.

  • 5 de julho de 2020 em 15:54
    Permalink

    Gostei muito e se aplica, exatamente, no que aconteceu comigo. Acabei pedindo demissão para buscar uma nova perspectiva, já que não tinha expectativas.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do nosso blog? Compartilhe com seus amigos! :D