A importância da versatilidade

Uma pessoa versátil é alguém que tem diversas capacidades, sabe fazer várias coisas, como costumamos falar no jargão popular o versátil é aquele que “joga nas onze”.

Ser versátil não só é muito bom como importante em vários aspectos, por exemplo, uma dona de casa versátil, consegue ver as necessidades não apenas da casa no que diz respeito a alimentação, vestuário ou limpeza, mas também no ambiente emocional e financeiro, enfim faz ter sentido a expressão rainha do lar. Outro exemplo que temos são de pessoas versáteis em várias áreas da simultaneamente, observe, tem pessoas que são bem sucedidas em suas profissões, dão conta de serem boas nas suas famílias dando a atenção necessária a todos, vamos entender que atenção necessária não é só sentar e ouvir os parentes ou brincar com crianças, mas também resolver problemas das pessoas e da casa. Ainda dão conta de alguma atividade por fora que lhe dê algum prazer, fazendo isso de forma dedicada, pode ser uma atividade esportiva, intelectual, religiosa ou de outro tipo. Enfim são pessoas que procuram fazer bem tudo o que abraçam, mas essas pessoas costumam ter uma atitude de sabedoria em comum, sabe qual é? Apesar de serem versáteis, dando conta de muitas coisas ao mesmo tempo, só abraçam o que realmente podem fazer bem.

Quando voltamos o olhar para nossas profissões, não podemos esquecer do papel delas de influencia sobre nossas vidas, nelas também precisamos buscar versatilidade. Mas para isso temos de entender três coisas, versatilidade na função, desvio de função e acúmulo de função. Irei começar pelos dois últimos, e já começo dizendo que ambos são ilegais, que apesar de não existir uma punição prevista em ambos os casos existe jurisprudência em favor dos empregados que devem provar que sofreram um dos dois casos e a empresa tenta provar que não cometeu. O desvio de função é contratar uma pessoa para uma tarefa e colocá-la em outra, por exemplo, contrata uma telefonista e a coloca para trabalhar na recepção, é errado, para essa mudança de função acontecer deve existir uma alteração no contrato de trabalho, sem isso é desvio de função. Já o acúmulo de função é contratar a mesma telefonista, demitir a recepcionista e atribuir a esta nova contratada funções da que foi demitida, sem um acordo, sem novo contrato de trabalho e sem reajuste de salário, o que também é errado. Já ser versátil é outra história, é você dominar os assuntos referentes ao que você faz se tornando cada vez mais eficiente e independente.

Uma pessoa versátil consegue uma coisa muito importante na sua profissão que é a autonomia, ela não vai deixar de ser supervisionada, mas qual líder ou até mesmo um gestor menos qualificado não quer em sua equipe aquele funcionário que conhece tudo de um determinado setor, que sabe se virar, resolver problemas e ainda por cima dá resultado e quando não está na frente dando os resultados em si está nos bastidores facilitando a vida de quem os faz? Existem pessoas que acham que se aprenderem mais, vão pedir para elas trabalharem mais, além de se autointitularem preguiçosas, não é bem assim que acontece, sem contar que quem pensa assim só perde, veja bem, quando me abro a aprender algo novo posso descobrir nessa oportunidade o que sempre quis fazer profissionalmente, posso encontrar o lugar que sempre procurei na empresa e nunca pensei que existisse. Outro ponto é que funcionários mais independentes, demandam menos para os colegas, normalmente em grandes empresas todos trabalham muito, então quanto menos nós formos um peso para nossos colegas melhor. O principal ponto, passamos a ter mais valor para nossa empresa, afinal dominamos mais seus processos, entre um colaborador que contribui pouco e um que sabe fazer o trabalho todo da área qual a empresa vai querer manter em um eventual corte de funcionários?

A versatilidade não nos permite apenas fazer diversas coisas no trabalho ou em casa, mas o seu maior trunfo é nos fazer viver melhor, pessoas assim normalmente são mais autoconfiantes e encaram melhor as adversidades da vida, qualidade que tem faltado para muita gente atualmente. Por isso, não se acomode em dizer apenas “não sei”, diga “não sei, mas vou aprender”, afinal conhecimento não ocupa espaço e torna a vida melhor.

Compartilhe com seus amigos!

Um comentário em “A importância da versatilidade

  • 11 de agosto de 2020 em 11:25
    Permalink

    “Apesar de serem versáteis, dando conta de muitas coisas ao mesmo tempo, só abraçam o que realmente podem fazer bem”.
    Detalhe importantíssimo, abraçar o que realmente podemos fazer bem. E o sentimento de prazer dando o nosso melhor não tem preço.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do nosso blog? Compartilhe com seus amigos! :D